Publicado por: Lívia de Paula | fevereiro 27, 2012

Camiño Vivo 2012

Porto Seguro (Malas prontas… Chega de férias!) Depois de uma longa viagem de Garopa até o sul da Bahia, com algumas paradas em Curitiba/PR e Botucatu/SP, resolvemos ficar um pouquinho off line e descansar este mês de fevereiro aqui em Porto Seguro.

As férias foram ótimas! Tomamos muuuuita água de côco, nos esbaldamos de frutas tropicais, remamos muito no Stand Up e Surya curtiu bastante a casa da vovó Cleuza. Mas chegou a hora de dizer ” até logo” e partir para o próximo destino: Piracanga!

Piracanga é uma Ecovila e Centro Holístico localizado na Península de Maraú, proximo a Itacaré. Estivemos lá em 2010 para uma breve visita e agora retornamos para viver uma experiência de 3 meses integrados à Comunidade. Que venha 2012, tempo de mudança! Estamos radiantes e de coração aberto para vivenciar este período em Piracanga, trabalhando, criando, renovando, reciclando hábitos, idéias e ações… experimentando uma nova forma de viver, pensar e se relacionar, baseada em princípios de amor, verdade, respeito e diversidade.

Agradecemos a hospitalidade e carinho da vovó Cleuza e do titio Tiago. Esperamos uma visitinha em Piracanga!

 

Publicado por: Thiago Césare | fevereiro 6, 2012

Suco Verde 2012

PORTO SEGURO (antes tarde do que nunca) Registro do primeiro suco verde de 2012, feito no lar de amigos no Siriú, Garopaba.

Um início de ano do fim dos tempos bem colorido!

Publicado por: Thiago Césare | fevereiro 6, 2012

Stand Up Yoga

Mais momentos de uma nova paixão, clicados pela Dani Arruda no Siriú, Garopaba, SC.

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 20, 2012

Nossa casa móvel tem até telhado

Em direção ao Siriú, Garopaba. Foto by Danielle Arruda.

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 17, 2012

Crushi vegano de castanha de cajú

Lívia comandando o preparo

Folha de couve com o recheio, pronta para enrolar

Enrolar é o grande momento do preparo

Pronto para cortar! Faltou a foto do crushi pronto (desculpem!)

CURITIBA (4 dias para pegar a estrada) Experimentamos o crushi pela primeira vez na casa de nossa amiga Divina, nos tempos de Brasília, feitos pela Ananda Bastos, crudívora de longa data. Criativo, simples e delicioso. Desde então, fazemos regularmente, principalmente em ocasiões especias.

O último saiu lá em Garopaba, no Shiva Hara Studio, casa-templo do Maurício e Márcia Cocco, para o pujja à Shiva que é oferecido toda 2a feira.

Segue a alquimia:

Ingredientes: Folhas de couve manteiga grandes, castanha de cajú crua hidratadas,cenoura ralada, broto de feijão, sal, pimenta, limão, gengibre, temperos.

Preparo:

Bata as castanhas no processador ou liquidificador com sal, limão, gengibre e temperos à gosto (esta pasta substitui o arroz do sushi tradicional).

Para o recheio utilize legumes e vegetais (crús) da sua preferência, sugerimos aqui cenoura ralada e brotos de feijão. Mas também fica uma delícia com tomate seco, rúcula, brotos de alfafa, pepino, repolho… enfim opções não faltam.

Para ficar mais fácil de enrolar deixe as folhas de couve um pouquinho de molho na água morna. Distribua a pasta de castanha na metade da folha, posicione o recheio (ver foto) e enrole. Depois do charutinho pronto é só fatiar e saborear!

Se for utilizar molho de soja (Shoyo), lembrar de utilizar um sem açúcar, corantes e glutamato monossódico. Existem marcas de shoyo vivo e orgânico.

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 17, 2012

Compostando em apartamento

Tem que misturar bem, papai!

Macarrão de minhoca!

CURITIBA (viva as araucárias!) Durante nossa estadia em Curitiba, que termina neste próximo sábado, estamos ficando no apartamento de minha mãe, num bairro bem agradável aqui de Curitiba.

E o dia a dia de um apartamento é bem desafiador para quem está acostumado com casa: xixi só no vaso, não tem um jardinzinho para plantar alguma coisa ou fazer uma composteira para os resíduos diários. E aqui está a vantagem de se viajar com uma composteira portátil.

A Surya, como todas as crianças de sua idade que conhecemos, adora cuidar das minhocas. Se elas pegam desde cedo o hábito da separação dos resíduos, não tem erro. Mas para isso os pais tem que ensinar fazendo.

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 16, 2012

Shake de morango vivo

Nossa garota-propaganda dando o toque final no shake

CURITIBA (hora de ir para a cama) Aqui em Curitiba tem uma ala de orgânicos no Mercado Municipal, bem chique por sinal. Fomos lá outro dia e, numa das bancas, tinha um engradado cheio de morangos. E como estavam uma delícia, compramos umas 500gr.

A Surya já queria comer todos no caminho de volta para casa. Os que sobraram viraram um shake vivo que ficou muito bom.

Segue a alquimia:

Shake vivio e vegano para adoçar a vida!

Ingredientes: 1L de água de coco (na falta, pode ser água), 1 1/2 de amêndoas (podem ser outras castanhas), 1/2 xícara de tâmaras (pode ser adoçado com mel, ou sem adoçante nenhum), 2 xícaras de morangos

Preparo: Bata as amêndoas (que devem estar hidratadas, idealmente 6 horas ou mais na água) duas vezes no liquidificador, cada batida com 1/2 litro da água de coco. Em ambas as vezes, coar no filó (organza, pano ou uma peneira bem fina). Adicionar ao leite as tâmaras e morangos limpos e bater novamente. Se você usou coco, pode abri-lo e adicionar sua carne se não estiver madura (dura) demais.

Tomar preferencialmente depois de uma pedalada ou prática puxada de Yoga!

 

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 16, 2012

Ser nômade é arrumar a casa no meio da rua

Praia de Garopaba, com destino à Curitiba

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 16, 2012

Quartzo Yoga no Reveillon da Montanha Encantada

Os cristais prontos para a prática

CURITIBA (grande momento) O Centro de Yoga Montanha Encantada é um lugar muito especial para nós. Conheci o local em 2006, quando participei, junto de minha irmã, de um retiro com Marcos Schultz e Krishna Das. A infra-estrutura é ampla, aconchegante e a mata que acolhe o local cria uma atmosfera muito inspiradora.

Em 2011, tivemos a oportunidade de desfrutar ainda mais do centro com a Lívia participando das formações de Yoga Integrativa e Yoga Dance, que juntas somaram um mês e meio de intensa imersão no Yoga e em si mesma.

Cristais montados, grupo chegando...

Tanto em ambos os módulos da formação em Yoga Integrativa como na formação de Yoga Dance, tivemos a alegria e a honra de levar o Quartzo Yoga com seus sinos de cristal para compartilhar com os demais participantes das formações. No grupo de Yoga Integrativa foram dois Yoga Nidras (relaxamentos) acompanhados dos cristais. No Yoga Dance, além do Yoga Nidra, uma prática de dinamização dos chakras acompanhada dos sinos.

E para coroar esta relação tão especial, fomos convidados a oferecer duas sessões com os cristais no Retiro de Ano Novo promovido pelo centro, um grupo de aproximadamente 80 pessoas!

No dia 30, fizemos um Yoga Nidra. Mas o mais especial ficou para o dia seguinte, o último de 2011, quando pudemos realizar, Lívia e eu, nosso primeiro Quartzo Yoga completo juntos! Alinhamento dos chakras, bija mantras, posturas, Yoga Nidra. Foi mesmo memorável, um momento mágico, daqueles que se tem certeza de se estar vivendo a sua vida.

Yoga Nidra com cristais na formação de Yoga Integrativa

Triste foi constatar que, por motivo de ignorância técnica, perdemos várias fotos deste momento, restando apenas algumas poucas, das quais tentei selecionar as melhores para ilustrar este post. De qualquer forma, serão momentos que ficarão na memória enquanto houver memória.

Profunda gratidão à Lilian e ao Joseph LePage, pela oportunidade e por todo o conhecimento compartilhado, ao Luis Linck, pela amizade e receptividade, todos os professores e toda equipe da Montanha, que nos receberam com muito carinho.

Momentos e conexões como estas tornam a vida aquilo que ela deve mesmo ser: uma grande aventura.

Publicado por: Thiago Césare | janeiro 16, 2012

Biomassagem vibracional

CURITIBA (para registrar) Falei em outro post da massagem que o Maurício e a Márcia Cocco, mais eu e os cristais, desenvolvemos lá em Garopaba. Espero encontrar outros terapêutas pelo caminho para poder continuar este trabalho. E espero mais ainda poder voltar lá em Garopaba para unir forças novamente com o amado casal!

Older Posts »

Categorias

%d blogueiros gostam disto: