Publicado por: Thiago Césare | outubro 28, 2011

Desmistificando o açúcar (2)

GAROPABA (altas ondas) Já ouvimos comentários sobre o açúcar de diversos especialistas em nutrição e medicina. O Dr. Alberto Peribanez Gonzalez, autor do excelente livro Lugar de médico é na cozinha, amigo com quem produzimos um memorável retiro em Brasília, sempre enfatizou: corra do açúcar!

E o melado? O mascavo? O demerária? Do ponto de vista nutricional, eles são apenas menos piores do que o açúcar branco. Veja: menos piores, em nenhum momento bons – e estamos falando estritamente em um nível nutricional.

No processo de produção do melado, a primeira etapa do refino, perdem-se todas as enzimas, a água e muitos nutrientes com o calor da fervura. O melado, como todas as demais formas de refino subsequentes, acidifica o organismo e “rouba” minerais, como o cálcio, e aumentando os níveis de colesterol em seu processo de digestão (PUPPIN, 2006).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: